NOTÍCIAS

Atirador mata 26 pessoas em uma igreja Batista no Texas

Acredita-se que o ataque cometido no Texas não tenha ligação com o Terrorismo

Um homem armado disparou varios tiros contra pessoas que participavam de um culto, neste domingo (5) na Primeira Igreja Batista da pequena cidade de Sutherland Springs, no sudeste do Texas,  Estados Unidos, matando 26 pessoas e deixando mais de 20 feridos.

O atirador foi identificado como Devin Patrick Kelley de 26 anos. Acredita-se que não há nenhuma ligação com organização terrorista. O Departamento de Segurança Pública do Texas informou que ele aparentemente agiu motivado por problemas familiares. Seus sogros que frequentavam a igreja, vinham recebendo mensagens ameaçadoras de Devin. Mas  neste dia, eles não estavam no local.

Foto: Texas Department of Public Safety via AP

Devin era um jovem militar da Força Aérea americana. Ele morava em New Braunfels, no Texas, a cerca de 60 quilômetros no norte de Sutherland Springs, onde fica a igreja. Ele serviu em uma base aérea em Hollomann, no Novo México, em 2010, antes de ser afastado por mau comportamento em 2012. Ele foi condenado por uma corte marcial por violência contra sua mulher e seu filho. Ainda não se sabe se ele era proibido de ter porte de armas.

Testemunhas disseram que Kelley abriu fogo assim que saiu de seu carro estacionado próximo à igreja. Ele andou até a igreja e continuou com os disparos. Segundo Freeman Martin, um diretor regional do Departamento de Segurança Pública do Texas, as vítimas teriam entre 5 e 72 anos. Entre elas, estão uma mulher grávida, os três filhos e o sogro dela. A filha do pastor, de 14 anos, também morreu.

Quando saía da igreja, o atirador se atracou com um morador que tentou lhe tirar a arma. O rifle caiu no chão e ele fugiu do local em seu carro. Dando início a uma perseguição, incluindo policiais e moradores. A perseguição terminou no condado vizinho de Guadalupe quando ele bateu o carro após ser atingido por um tiro, morrendo no local. Minutos antes ele havia ligado para o pai e dito que achava que não conseguiria escapar. Ainda não se sabe se o disparo foi feito por um policial, morador ou se ele se suicidou, o caso ainda não foi esclarecido.

Há registros em vídeo do que ocorreu dentro da igreja, que estão sendo analisados. Foram encontradas várias armas em seu carro.

Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se pronunciou a respeito do caso, e disse que o atirador tinha sérios “problemas mentais”.

Resultado de imagem para trump

E que o ataque, teria sido muito pior se outra pessoa armada não tivesse parado Kelley. Ele atribuiu a ação a “um indivíduo muito perturbado, com muitos problemas”.

Etiquetas
Inscreva-se em Nosso Canal

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar