VIDA NA AMÉRICA

Tipos de Empregos para Imigrantes nos Estados Unidos

Imigrantes nos Estados Unidos

Muitas pessoas se perguntam como é o mercado de trabalho americano. Existe uma diferença entre os empregos dos americanos e empregos dos imigrantes. Confira aqui os Tipos de Empregos para Imigrantes.

Ser imigrante, independente do país, não é uma coisa fácil. Todos têm a missão de aprender a cultura da nova terra, respeitar, aprender a nova língua, saber sobre diversas coisas do dia-a-dia, ser aceito e respeitado pela nova comunidade.

Inglês

Se você deseja ter um bom emprego, deverá ter um ótimo ou inglês fluente. E de preferência ensino superior (para quem possui visto de trabalho ou trabalha para multinacional, etc…). Caso contrário, só conseguirá os empregos que os americanos não querem fazer, os chamados Empregos para Imigrantes.

Empregos para Imigrantes COM diploma

Muitos brasileiros vão para os Estados Unidos e trabalham em empregos considerados “inferior” até conseguirem regularizar sua situação acadêmica ou conseguir estudar mais. Já que, caso você tenha diploma no Brasil, pode demorar muito até que você consiga validar seu diploma e trabalhar na mesma área. E na maioria dos casos, os cursos do Brasil não são válidos nos EUA.

Na maioria dos casos (mais nas áreas médica e jurídica), o interessado deve estudar o curso todo em uma faculdade americana, ou pelo menos metade, caso seja aceita algumas horas de abatimentos do seu curso do Brasil. Esses cursos já são caros no Brasil, nos EUA esse preço é ainda maior.

Caso o imigrante vá para o país por meio de trabalho em qualquer multinacional, a transição será provavelmente mais fácil, já que ele ocupará a mesma posição na filial/matrix nos EUA e que sua formação será levada em conta.

Empregos para Imigrantes SEM diploma

Para os imigrantes que não tem diploma, as oportunidades são amplas, mas geralmente os empregos são pesados. Bem como limpeza doméstica, de escritórios, fábricas ou escolas, construção civil, landscaping, empregos em hotéis, lava-louças em restaurantes e coisas do gênero.

E o inglês? Atualmente há a exigência do inglês para trabalhos como babás, em restaurantes, caso precise lidar com o público, como o garçom, os demais serviços não se faz tão necessário ter o inglês.

Nota: é preciso permissão de trabalho para os empregos abaixo. Caso você não tenha, é preciso buscar um visto que te dê essa oportunidade.

Jardineiros: As pessoas com experiência de alguns nesse ramo podem conseguir ganhar até $22/h. Esse valor pode aumentar se você montar sua própria empresa de jardinagem/paisagismo.

Soldadores: Apenas um ano de experiência pode lhe proporcionar um salário de $16/h, podendo chegar a $27/h com mais anos.

Eletricistas: É possível fazer $21/h (mínimo $15/h) com um pouco de experiência. Em certas partes dos EUA é possível fazer até $26/h.

Obs.: Essa é uma média de salários, pois os salários variam de acordo com cada Estado. Para saber mais sobre isso clique aqui.

Outros: Os empregos abaixo podem exigir um curso de dois anos, certificação ou passar em testes para obter a credencial de trabalho.

  • Gerente de transportação;
  • Caminhoneiros;
  • Webdesigner;
  • Bombeiros de incêndios florestais;
  • Bombeiros municipais;
  • Controlador de tráfego aéreo;
  • Gerente de distribuição e de depósitos;
  • Pilotos de aviões comerciais;
  • Agente imobiliário.
  • Esteticista e Cabeleireiro

Quem indica e Network

Se você conhecer americanos que possa te indicar para certa vaga, tudo ficará mais fácil. Assim como no Brasil. Outra maneira de se dar bem, é se relacionar com americanos ou hispanos que trabalham na área que você deseja ingressar. Propague suas habilidades com indivíduos que provavelmente te ajudarão a ingressar naquela vaga.

Internet

É possível tentar conseguir emprego pela internet. Seja nas redes sociais ou em sites de empregos, como o Boston Mais +, agências de emprego ou classificados de jornais. Mas lembre-se, use um perfil profissional nas redes sociais, já que cresce cada vez mais empresas que bisbilhotam os perfis de futuros empregados.

Nota:

Em todos os casos, as situações varia de imigrante para imigrante. Não se esqueça que o importante é trabalhar de forma honesta e investir no seu avanço pessoal e profissional. Boa sorte!


Veja Também:

Etiquetas
Inscreva-se em Nosso Canal

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar