VIDA NA AMÉRICA

Regras de Trânsito nos Estados Unidos

Infrações de trânsito

Não importa se você está pensando em ir para os EUA ou se já está no país, se você dirige, tem que conhecer as regras de trânsito. Cada país tem suas regras, então, não pense que as leis do Brasil valem para os Estados Unidos. Além disso, dentro dos EUA, as regras podem mudar de Estado para Estado. Por mais estranha ou absurda que possa parecer, é lei do país e você terá que obedecer.

Existem algumas regras que são iguais no mundo todo, como dar seta quando for virar, ligar o pisca-alerta quando precisar parar por algum inconveniente. Parar no farol vermelho, seguir atento no amarelo, seguir no farol verde entre outras.

Uma pista para cada manobra 

Preste atenção nas faixas e sinalizações pintadas no chão. Elas te dizem o sentido que se deve seguir. Respeite-as!

Caso tenha uma faixa com uma seta para a direita ou esquerda e outra com a seta dizendo para seguir em frente, fique na faixa correspondente ao seu destino. Nunca, JAMAIS, faça uma manobra de última hora trocando de faixa. Se errou o caminho, de a volta e faça ele de novo. É recomendado prestar muita atenção nas sinalizações, e já ter em mente o caminho a ser feito.

Placa “PARE”

A placa “PARE” funciona de um jeito diferente de como é no Brasil. Os brasileiros reduzem a velocidade, chegam no cruzamento, olham pros dois lados e seguem. Isso não deve ser feito nos Estados Unidos. Quando ver a placa pare, você deverá parar o carro, totalmente.

Dica: quando chegar na placa pare, pare. Conte alguns segundinhos e só depois diga seu caminho.

Conheça as placas de trânsito

As placas nas rodovias mudam um pouco de acordo com o estado. Observe o número das rodovias interestaduais, a numeração indica a direção que elas seguem. Os números ímpares, seguem para o norte ou para o sul. As rodovias com números pares seguem para leste ou oeste.

As placas são organizadas por formato e cor:

  • Placas vermelhas – as placas vermelhas podem mostrar que o motorista deve parar, dar preferência, ou elas podem indicar que alguma área é restrita;
  • Placas amarelas – as placas amarelas estão ali para avisar, ou você deverá reduzir sua velocidade ou então prestar atenção na travessia de pedestres;
  • Placas laranja – as placas laranjas indicam obras nas proximidades e contém informações;
  • Placas verdes – as placas verdes servem para orientar, como a distância entre cidades;
  • Placas azuis – as placas azuis contém informações úteis e interessantes, como atrações culturais ou áreas de parada.

As placas de trânsito também são classificadas com base em seu formato:

  • Retangulares – apresentam instruções;
  • Octogonais – indicam que é necessário parar;
  • Redondas – indicam vias férreas;
  • Losango – apresentam avisos;
  • Triângulo invertido – indicam que é necessário dar a preferência.

Cruzamentos – ordem de chegada

Nos Estados Unidos, todo cruzamento tem uma placa em cada um dos lados. Os quatro carros presentes terão que parar. Quem chegar primeiro, vai sair primeiro. É por ordem de chegada e não por esperteza como acontece no Brasil.

Aqui vai uma dica para os cruzamentos que possuem semáforos. Fique à direita caso for virar para este sentido. Mas caso for virar à esquerda, fique atento! Preste atenção nos outros carros e faça com cautela.

Farol vermelho 

No Brasil, você não pode ultrapassar nenhum sinal vermelho. Nos EUA, você não só pode, como deve fazer isso. É claro que você não vai fazer isso sem olhar, funciona como a placa PARE. Pare e olhe! Só depois de confirmar que está seguro, vire a direita e siga seu caminho.

Mas tome cuidado! Em alguns lugares você não pode fazer isso. Mas, nesse caso, terá uma placa avisando “no turn on red” (não vire no vermelho).

Dica: pedestre tem sempre preferência. Então, verifique se não há pedestres passando (esta regra pode mudar de estado para estado).

Seja consciente no trânsito: o maior sempre protege o menor. Dê preferência para os pedestres! Mesmo que a pessoa não esteja corretamente na faixa de pedestres, seja educado e deixe a pessoa passar. Até porque, se você atropelar alguém na rua, a dor de cabeça com a policia não é pouca.

Vagas preferenciais 

As vagas preferenciais são apenas para deficientes físicos! Idosos são tratados como qualquer outro cidadão nesse país. Em ônibus, o pessoal já respeita e dá preferência por educação, mas não é obrigação. Grávidas também! Alguns estabelecimentos dão algumas vagas no estacionamento para elas, mas é uma gentileza do lugar, não é lei. Mas, quando se trata de deficiente físico, o buraco é mais embaixo.

Não respeitou e estacionou em lugar de deficiente, não adianta dar uma de espertinho, falar que não viu, dar alguma desculpa. É multa, na certa! E a multa varia de $80 a $400.00 dependendo da região.

Ônibus escolar 

Ônibus escolar nos Estados Unidos é um assunto importante que se deve conhecer. Quando o ônibus para na rua, dos dois lados dele irão subir uma plaquinha “stop”. Quando isso acontecer, o motorista que estiver próximo ao ônibus deve parar. Nesse momento, crianças/alunos vão atravessar a faixa de pedestre. A preferência é dos pedestres. Só siga em frente quando a plaquinha do ônibus baixar.

Saiba mais sobre escolas para crianças e adolescentes em Massachusetts

Radar

Nos Estados Unidos não é comum radar de velocidade. Mas lá uma vez ou outra eles colocam. No Brasil, eles fazem questão de esconder as câmeras, para pegar quem geralmente reduz só quando vê radar. Já nos EUA, eles sinalizam onde o radar está, visivelmente. Mas quem fica escondido são os policiais. Caso exceda o limite de velocidade, os policiais aparecem de algum lugar para te multar. Respeite o limite de velocidade!

Continuando no assunto de velocidade, se o limite de velocidade for de 80 mph (miles per hour – uma milha equivale a 1,6 quilômetro) e todo mundo estiver acima da velocidade, como 90 mph, você pode seguir o fluxo sem ser multado. Mas lembre-se, existe o limite máximo de velocidade e o mínimo também. Caso esteja abaixo do mínimo, será multado por estar atrapalhando o bom andamento do trânsito.

YIELD – Dê a preferência

A placa YIELD significa “dê a preferência”.  Ela é usada em avenidas e estradas, quando você quer virar à esquerda.

Se o farol estiver verde e você quiser virar à esquerda, preste atenção se não está verde para quem está vindo no sentido contrário. Eles tem a preferência.

Você só pode virar sem medo quando a seta do semáforo ficar verde para você e todos os outros semáforos estiverem no no vermelho.

Sirene ligada

Se você ver ou ouvir carros de polícia, ambulância ou bombeiros com a sirene ligada, pare o carro. Seja onde estiver. Você deve deixar o caminho livre para que eles passem em segurança.

Retornos

Retornos em vias de mão dupla (U-TURN) são liberados a menos que haja uma placa indicando que é que proibido.

Motocicletas 

As motos devem ocupar o mesmo espaço que um carro ou outro automóvel qualquer. Aqueles corredores entre os carros, por onde os motoqueiros costumam passar no Brasil, são apenas espaços vazios e devem permanecer assim. Motocicletas seguem as mesmas leis de trânsito que os carros.

Cinto de segurança 

O uso do cinto de segurança nos EUA é diferente do Brasil. Os passageiros da frente são obrigados a usar o cinto (até aí tudo bem). Mas os passageiros de trás (maiores de 18) podem escolher usar o cinto ou não. Aí vai da consciência de cada um.

Parquímetro

Se você estacionar em um lugar que tenha parquímetro, coloque a quantidade de moedas pelo tempo que você vai usar. Cada moeda equivale a um tempo no parquímetro. Calcule bem seu tempo ou volte antes para pôr mais moedas caso deseje ficar por mais tempo. A máquina contará até que o status mude para EXPIRED. Caso esteja estacionando com o tempo do parquímetro expirado quando voltar, vai ter uma multa presa no para-brisa.

Se beber, não dirija

É altamente proibido em qualquer lugar dos Estados Unidos beber dirigindo. Aliás, o buraco é bem mais embaixo. Nem você, nem ninguém dentro do carro pode transportar bebidas abertas. Tem que estar, no máximo, lá atrás no porta malas fechado com um saco plástico.

Mesmo que ninguém tenha bebido nada, transportar a bebida te ocasionará uma multa de trânsito. A punição e a tolerância para a quantidade de álcool no sangue variam de estado para estado, mas acredite: são bem pesadas.


Veja Também:

Etiquetas
Inscreva-se em Nosso Canal

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar